Marimbondo na estrada

Olá, amigos! Comunico mais uma vez que sigo na estrada e o estúdio de Botafogo já não existe mais. Pretendo voltar ao Rio e abrir em um novo local, um circo mais espaçoso e ainda mais legal, mas por enquanto ainda sem data definida… Com certeza vou avisar por aqui.

No momento estou fora do país, minha ciganagem me levou longe outra vez, fui até Hamburgo – Alemanha e de lá me mandei pra Escandinávia pra ver de perto o cenário, já gelado, a cultura e, pesquisar sobre tatuagem, é claro… Haja vista que o primeiro tatuador a usar uma máquina elétrica e a técnica que usamos até os dias de hoje veio da Dinamarca e se estabeleceu no país no final dos anos 50.

Aqui segue em imagens um pouco do que já rolou:

Image

Um pouco da cidade de Hamburgo á noite, a tatuagem por lá ainda é forte… Um dos grandes nomes, sem dúvida é o tatuador Herbert Hoffmann, falecido em 2010 com 90 anos. Fui até o local de seu antigo estúdio, hoje operado por outras pessoas, já sem vestígios de seu antigo dono… Uma pena.

Image

Image

Image

O clímax desta visita a Hamburgo foi sem dúvida o Maritimes Museum Hamburg, realmente impressionante. Tenho referências para tatuagens náuticas até o fim da vida agora, eu altamente recomendo.

Image

Image

Image

Image

A única referência que se encontra no museu sobre a pirataria é esta caveira, supõe-se que ela seja de um dos mais famosos piratas do século XIV, o alemão Klaus Störtebeker.

Image

De Hamburgo subi até a Escandinávia, passei por alguns países antes de chegar ao meu objetivo, um pequeno vilarejo a sudoeste na Noruega, mais precisamente Rubbestadneset. Cercado por uma paisagem de tirar o folego e garantir a paz de qualquer habitante de cidade grande e um frio de assustar carioca. Passei por bons momentos com amigos a beber bons vinhos e excelentes pratos noruegueses.

Image

Image

Image

De Rubbestadneset peguei a barca e rumei curioso até Bergen, a cidade portuária da Região e a segunda maior cidade da Noruega, linda cidade por sinal. Com direito a estação de esqui no topo da montanha e tudo.

Image

Image

Image

Image

Image

Após uma manhã maravilhosa com direito a caravela de verdade e tudo fui lá a procura de um bom e velho museu. A cidade abriga o complexo de três museus chamado KODE, tive a oportunidade de ver por exemplo a arte do famoso Edvard Munch entre outros artistas noruegueses realmente inspiradores. Mas o ponto alto da visita foi a ida a loja do museu, lá achei o tesouro! Nada mais, nada menos que o livro da viagem, mais um pra minha coleção da história da tatuagem:

Image

Image

Aproveito para agradecer meus anfitriões nesta aventura: Sven Luedicke, Danielle Lacerda, Daniela e Rune Hereid o qual me deu a honra de deixar um pouco da cultura brasileira em sua pele. Muito obrigado a vocês meus amigos!

Image

HM

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s